A Prozis e eu!

prozis-logo

A minha relação com a Prozis já tem algum tempo.
Corria o ano de 2014, estava eu a ver o Mundial de futebol com colegas de trabalho, quando alguém me tirou uma fotografia de costas . Quando vi essa foto o meu coração parou por alguns segundos. Foi a minha chamada de atenção, o perceber que tinha chegado a hora de fazer algo por mim. Tinha refegos que se notavam na camisola e decidi naquele momento começar todo um plano para acabar com aquelas banhas.
Eu para além de todas as minhas 1001 qualidades (ah ah ah), tenho também o dom de me focar a sério quando quero. Nada me demove, nada me para, nada me afeta, até que consiga atingir o meu objetivo final. E neste caso, o meu objetivo era conseguir ter umas costas lisas no verão seguinte.
Objetivo cumprido com a ajuda do maridão, que serviu como meu preparador físico e nutricionista pessoal.  Se quiserem saber mais sobre todo esse processo, escreverei depois um post à parte. Sabem que não gosto de publicações enormes.
Enfim, tudo isto para dizer que foi o maridão que me “apresentou” à Prozis na altura. Eu já a conhecia de vista, as encomendas do meu marido chegavam pelo correio e eu só queria era que ele tirasse as coisas lá de dentro, para assim deitar as caixas de cartão fora, sem no entanto alguma vez me ter interessado pelo seu conteúdo.
Hoje a Prozis faz parte da nossa vida! Fazemos encomendas online regularmente.

Em baixo deixo-vos basicamente o que uso no meu dia a dia, na minha operação #mamasarada2017. Que acaba por não ser mais do que um hashtag engraçado, que arranjei para simbolizar o meu regresso ao estilo de vida saudável, depois da minha gravidez.
Na imagem podem ver o shaker para o batido de proteína, essencial depois de cada treino. É muito importante ingerir proteína após os treinos, de modo a ajudar a reconstruir os músculos. Como eu nunca como a dose diária de proteína suficiente e também não gosto de comer bifes ou atum depois dos treinos, o batido acaba por me ajudar nesse sentido.
Também selecionei 2 tipos de proteína, a zero e a 100% Whey. A zero não tem hidratos de carbono, o que ajuda bastante quando o objetivo é definir. A que uso mais no entanto é a 100% Whey, é mais barata (sinceridade acima de tudo) e é igualmente boa.
As barras costumo comer ainda antes de sair do ginásio. Saio sempre esfomeada depois do treino e as barrinhas dão para acalmar a fome até chegar a casa e repor as reservas.
O conjunto de tupperwares são para levar snacks. Frutos secos, gelatinas, iogurte e cereais. Uso mais para levar para o trabalho. Agora que estou de licença confesso que não tenho tido necessidade de usá-los, mas dão sempre jeito, por exemplo para uma viagem mais prolongada.
O foam roller dói horrores, mas a verdade é que é maravilhoso para fazer a libertação miofascial depois de cada treino. Depois se quiserem faço uma publicação com treinos com o “rolinho” 😉
A manteiga de amendoim! Ai a manteiga de amendoim! Ainda não me convenceu a 100%, mas o maridão tem-me feito uns snacks com ela e estou quase quase a ficar rendida. Também posso ir partilhando com vocês algumas receitas que vamos fazendo em casa.

Clicando nas várias imagens esta redireciona-vos para o respetivo produto no site.
No site podem sempre encontrar uma série de descontos e ao fazerem ficha de cliente podem acumular pontos. Os portes de envio são grátis sempre que se gastem mais do que 20 euros!

LOve

Love
C

P.S. Já há alguns produtos da Prozis à venda no Jumbo (Alegro e Dolce Vita Tejo).

Leave a Reply