Float In

float in

Era uma 6ª feira à tarde, final de uma semana como tantas outras. Das que correm, das que voam, das que nem damos conta que já passaram. Quis tirar um tempinho para mim, tentar acalmar o corpo e a mente, para assim usufruir do fim-de-semana em toda a sua plenitude. Quis potenciar a energia, física e psicológica, do meu ser e deixar para trás o cansaço que tantas vezes me assola. Entrei na porta 14 da Rua Pedro Nunes com as expectativas altas… muito altas até! Há imenso tempo que queria lá ir e comprovar o que tantas vezes tinha sido publicitado. Saí de lá 1 hora e 30 minutos depois, quase que a “flutuar” para o fim-de-semana, tal era a leveza que sentia a percorrer-me o corpo.

Ao entrar, senti-me em casa. Uma das terapeutas, muito simpática por sinal, cumprimentou-me com um sorriso sincero e cordial e trouxe-me um cestinho para deixar os meus sapatos e colocar as pantufas. Seguiu-se um chá tropical frio, enquanto esperava que preparassem a sala para a minha experiência.

Acompanharam-me até aos balneários, onde tinha à minha disposição um roupão, cuecas descartáveis, secador de cabelo, pente e desodorizante.

À saída do balneário a terapeuta estava à minha espera, para me acompanhar até à minha sessão.

Na sala esperava-me uma espécie da cápsula, cheia de água e com 300 kgs de sal Epson. O objectivo era relaxar, desligar-me completamente do mundo e das distracções diárias. Para isso, só teria que entrar nessa cápsula e flutuar. Para viver esta experiência ao máximo, aconselharam-me a fazê-la toda despida e com a cápsula completamente fechada. Eu apesar de relutante, visto ser um pouco claustrofóbica, quis tentar. Consegui abstrair-me do medo inicial e relaxar facilmente. Ali fechada, na escuridão total com uma música que ouvia muito mas mesmo muito ao longe soltei todo o “peso” que carrego no dia-a-dia e senti-me num estado de extrema leveza. Adormeci… não sei quanto tempo, não faço mesmo ideia. Acordei com o barulho da cápsula a abrir e confesso que precisei de uns minutos para assimilar o que tinha acabado de acontecer.

Dizem que uma sessão de 50 minutos de flutuação equivale a 4\6 horas de sono…Agora acredito! Dizem que promove o relaxamento muscular…Confirmo! Que estimula as capacidades cognitivas…Verdade! Que proporciona bem-estar e leveza às pré-mamãs…Não podia estar mais de acordo! E é por estes “pequenos” benefícios que aconselho uma sessão a toooooooda a gente!

Saí do Float In sentindo-me tão relaxada, com a mente descansada, a pele “iluminada” e num estado de bem-estar psicológico e físico quase que indescritível.

Acreditem em mim…Experimentem! Mesmo! De preferência ao final do dia, final da semana, sem relógio, sem telemóvel, sem a partilha desnecessária e quase que socialmente obrigatória nas redes sociais, sem correria.

float-in-capsula

Love

C

Leave a Reply