O desapego

Mudança-emprego

Já passam mais de 2 meses desde a sexta-feira do desapego, isto é, de aprender a desapegar-me do meu antigo trabalho.
Uma sexta-feira que desejei que se prolongasse no tempo para conseguir registar todos os segundos
na minha memória.
Foi um dia de despedidas, de felicitações, de abraços, de sorrisos, de lágrimas, mas foi principalmente
uma sexta-feira de lembranças.
Nesse dia, o entusiasmo pelo meu futuro foi “esquecido” e deixei-me tomar pela melancolia e saudade
do que estava a deixar.
A minha secretária e as minhas gavetas sempre milimetricamente arrumadas, o quadro da equipa cheia
de fotos, as salas de reuniões que tanto me ouviram nesses anos, as confissões nas escadas de
serviço, as marmitas, os almoços no Sushitime, no Me&You, no Sfizio, os abraços, os aconchegos, as
saídas a horas tardias, as conversas tarde/noite dentro com as empregadas da limpeza…são tantas as
recordações que guardo…
Tinha chegado o dia de aprender a desapegar-me…das minhas coisas, da minha zona de conforto, das
minhas pessoas.

Foi o dia em que entendi que a essência daquela equipa, A equipa, a minha equipa, vai deixar imensas saudades.

Mudança-emprego
Love

C

P.S. – Entretanto, estou super entusiasmada com o meu novo trabalho 😉

Deixe uma resposta