When food becomes art!*

the mix retaurante
Curioso! Curiosamente curioso!
Andava com falta de inspiração, tenho tanta coisa para partilhar com vocês mas as palavras não fluíam. Passei tardes a escrever e a apagar textos, pois só me saía uma escrita insípida, sem  tempero, sem criatividade, sem o meu “toque”. Decidi parar e não pensar nisso. Se é para escrever, que escreva algo  como deve de ser e principalmente algo com que me identifique e que alguém possa dizer: isto foi escrito pela Claudia!
Até que esta segunda-feira ela voltou! A inspiração! A vontade de escrever! As 1001 palavras e frases sedentas de serem passadas para o papel e depois para o computador. E tudo graças a um almoço.
Se há sítio onde adoro ir passear é Cascais. Conheço a vila de uma ponta a outra, gosto de perder-me pelo centro histórico e tirar fotos a cada recanto que, aos meus olhos, parecem sempre uma novidade. Mas se há passeio que mais agrada o meu “eu”, é o passeio entre a marina e a Guia. Não há nada que me traga mais paz à alma, do que ver e principalmente ouvir as ondas do mar… Daí desejar uma casa com vista para o mar, mas isso é conversa para outro dia!
Foram inúmeras as vezes que passei pelo Farol Hotel nesses meus passeios. Sempre tive curiosidade em entrar para cuscar. Olhando de relance nem parecia um hotel, e era isso que me cativava, que me aguçava a curiosidade. Queria entrar, ver, conhecer, tirar fotografias (claro!) e principalmente conhecer a vista. Sim porque um hotel estrategicamente localizado em cima do mar tinha que ter uma vista de cortar a respiração! E se tinha, mas já lá vamos!
Esta segunda-feira fui almoçar num dos 2 restaurantes deste hotel, o The Mix, assinado pelo Chef Ricardo Deus. Com uma decoração soberba, este restaurante destaca-se pelo ambiente intimista, detalhes requintados e cozinha com inspiração mediterrânica.
Fomos acompanhados até ao espaço exterior do restaurante e foi aí que o meu coração parou. Das vistas mais deslumbrantes que alguma vez vi, presenciar um pôr do sol ali deve ser no mínimo mágico.
vista restaurante
Vista de frente da nossa mesa
farol hotel
Vista lateral da nossa mesa, no fundo pode -se ver a piscina do hotel e o farol de Santa Marta
Já devidamente instalados, foi-nos apresentado o menu e a carta de vinhos, da qual por razões óbvias não pude usufruir. O atendimento foi impecável e de uma extrema simpatia, sempre preocupados com o nosso conforto, bem estar e total satisfação.
Embalados pelas ondas do mar e ao som da música ambiente, disfrutámos de uma magnífica refeição, sem que sequer déssemos pelo tempo a passar… e soube tãooo bem!
Quando os produtos usados são frescos e conjugados de modo sublime, e quando a excelência e a arte imperam em cada prato, pouco mais há a dizer. Confesso que não consigo decidir qual o meu prato favorito, e acreditem que isto raramente acontece. Entre o “jardim” da entrada de salmão e o sabor de outro mundo do risotto de gengibre com lavagante, posso afirmar que  guardo com carinho as sensações que estes pratos me proporcionaram a cada garfada.
Terminei a minha refeição com uma panna cotta de sésamo negro que à primeira colherada estranhei mas depois conjugado com o gelado de tangerina fez todo o sentido. Deixo-vos as fotos das refeições que mesmo assim não fazem jus à experiência que tivemos.
salmão
Salmão marinado com beterraba, guacamole com aroma de coentro e pétalas de tomate
risotto de lavagante
Risotto de gengibre com lavagante salteado
novilho
Naco de novilho em crosta de Duxelle e presunto ibérico, tomate cereja assado e redução de cassis (escolha do maridão)
tarte de limão merengada
Tarte de limão merengada com sorbet de caipirinha (escolha do maridão)
pannacotta de sésamo
Panna cotta de sésamo negro, gelado de tangerina e telha de erva doce
E assim num ato de conclusão quero desmitificar um mito urbano que oiço infinitas vezes. Os restaurantes dos hotéis (pelo menos a maior parte) não são só para os hóspedes, qualquer pessoa pode lá ir e usufruir de uma refeição, fazendo uma simples reserva como em qualquer outro restaurante. Façam a vossa para o Farol… garanto-vos que não se vão arrepender 😉
Love
C
*Quando a comida se torna arte! Afirmação dita pelo maridão no final da nossa refeição que fez todo o sentido para o título desta publicação.

The Mix - Farol Hotel Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

2 Comment

  1. catia sofia says: Reply

    Tudo com otimo aspecto 🙂
    A vista para o mar, entao nem se fala♡

    1. Claudia Oliveira says: Reply

      Foi mesmo uma experiência maravilhosa Cátia! Tens que lá ir 😉

      Um beijinho <3

Leave a Reply