Os nossos primeiros 3 meses

…. Passaram a correr!

Num dia descobri que estava grávida e no outro já estava a entrar para o segundo trimestre!

Paranóias de mommy to be à parte, os nossos primeiros 3 meses juntos foram uma maravilha…é bom que te mantenhas assim quando nasceres, está bem?

Nunca percebi muito bem essa coisa das grávidas contarem semanas, eu continuo a achar muito mais prático contar meses e estou grávida, imaginem não estando!

Sempre que perguntava a uma amiga\conhecida grávida de quanto tempo estava, lá vinha a resposta bem rápida e fugaz em semanas! E lá tinha eu que fazer a cara de parva, enquanto tentava traduzir as semanas em meses, para aquilo fazer algum sentido para mim!

Ora bem, comigo não vão ter esse problema. Eu faço automaticamente o cálculo mental e poupo-vos a esse exaustivo trabalho, tirando os hashtags no Instagram, por pura questão de marketing. 😉  

Eu cá continuo a fazer as mesmas caras de parva quando alguém me pergunta de quantas semanas estou… Eu nunca as sei de memória! A maior parte das vezes falho uma semana ou duas…nada de grave!

Passando à frente…durante os primeiros 3 meses não enjoei, raramente fiquei maldisposta, ficava cheia muito rápido, perdi peso (confirmado pelos médicos que não se trata de nenhuma tragédia), raramente tive dores de cabeça (o que para mim é uma vitória), deixei de treinar (isto sim foi a parte mais difícil) mas tinha um descolamento e tive que ficar em repouso quase absoluto, o que não me impossibilitou de fazer um roadtrip de carro pelo Sul de Espanha, mas falamos disto numa outra altura.

Fiquei com um peito digno de usar decote à Pamela Anderson, mas como eu não gosto muito dessas coisas, andei sempre o mais tapada possível eh eh eh! A minha barriga não cresceu, aliás ela começou a crescer há sensivelmente 2 semanas, mas já andava a usar o kit todo para a prevenção das estrias em qualquer lado do corpo. Confere pela foto!

A verdade é que o grande, mas mesmo grande efeito da gravidez que eu senti foi o sono. Jesus… tanto sono! Eu nem sei como uma pessoa pode sentir tanto sono! Dormia 8 horas, acordava com sono, levantava-me com sono, ia trabalhar com sono, voltava a casa com sono, dormia a sesta e acordava com sono outra vez…um sono sem fim!

Agora que já estamos no segundo trimestre andamos a pensar na logística de ter um filho num T1. Estou a fazer toda uma organização mental, porque isto de vender a nossa casa está complicado, por isso há que ajustar o que se tem para o que vem!

Outra coisa em que já andamos a pensar é na educação da criança. Nunca é cedo demais para pensar nisso. É algo que de facto me preocupa… afinal não tenho muita experiência no assunto. Bom, só espero igualar o nosso trabalho ao dos meus pais e sogros, porque o facto de eu ser uma menina exemplar já toda a gente sabe, mas que o maridão é um ser humano espectacular, lá isso é!

 3-meses_

…sim sou um bocadinho de nada viciada em cremes :O

Love

C.

Deixe uma resposta