The Oof Diary

E aqui está ele! O meu novo espaço! A minha coisinha mais fofa! O meu bebé virtual…aqui explico-vos um pouco todo o processo por trás dele, em que a palavra de ordem que esteve SEMPRE presente na minha cabeça foi…simplificar!

O Nome

A escolha do nome foi um processo longo e que me deixou quase à beira de uma síncope.

Fui fazendo uma lista de possibilidades que me vinham à cabeça no caderno e vendo qual se adequava mais a mim. Pedi opinião e ajuda ao maridão, a verdadeira mente criativa desta casa. Fui pesquisando as opções que eu tinha no Google, Facebook, Instagram, em todo o lado possível e imaginário. Não queria correr o risco de ter um nome igual a outro já existente.

Para além de revelar falta de originalidade, podia ser perigoso para as pesquisas na Internet, levando as pessoas a não encontrar facilmente a minha página.

Cheguei à conclusão que não era uma mente original e encontrei N páginas com os nomes que eu pensava serem únicos ahahah que inocência a minha!

Depois do choque virtual que tive, comecei a escrever palavras-chave.

E foi daí que nasceu o The Oof Diary em que Oof não quer dizer nada mais do que out of office.

Pois é mesmo disso que se trata, é um diário sobre tudo, ou quase tudo vá, do que se passa na minha vida quando não estou a trabalhar. Não podia ser mais simples e não podia estar mais feliz com a escolha.

O domínio e alojamento

A ajuda na escolha pelo melhor domínio e alojamento web veio directamente das Ilhas Caimão, com todo o jet-lag possível e imaginário. O meu querido amigo T explicou-me as melhores opções quanto ao domínio e alojamento disponíveis no mercado e ajudou-me nas escolhas para as mesmas irem de encontro às minhas necessidades. Obrigada T, como forma de agradecimento um dia destes vamos visitar-te às Ilhas Caimão e ficamos logo lá de vez 😉

O Design

Escolhido o nome, teria agora que pensar no design. Algo que adoro e que me deu realmente muito gozo idealizar. Sabia que queria algo simples, “limpo”, user friendly, com a informação essencial e não muito mais. Se há coisa que detesto quando entro em qualquer site, é ter que andar à procura das coisas que eu quero. Pesquisei uns quantos templates na Internet até ter escolhido o Activello do WordPress, o qual depois ajustei ao meu gosto.

A Programação

Beeeeeeem…a minha eterna enxaqueca! Se não fosse o meu caro amigo R ainda aqui estaria a tentar programar a primeira página! Meu Deus! Tanta coisa que está por trás de um site, não fazia mesmo a mínima ideia. Não tenho muito a dizer sobre a programação, não percebia patavina do assunto e continuo a não perceber, mas agora vá, tenho umas pequenas bases que me vão permitir manter o site sem nenhum erro (espero eu!). E aproveito para deixar o meu enorme obrigado ao R.  Foste mesmo a minha salvação e agradeço muito a tua paciência, porque eu sei que sou uma pessoa demasiado perfeccionista e teimosa.

As Ilustrações

Ai que coisas mais lindas as minhas ilustrações <3 Vocês já olharam bem para elas? Não dá logo para ver que sou eu? Adoro mesmo! Todas feitas pela querida Mafalda da Nuts for Paper. Conheci o trabalho da Mafalda este ano e soube logo que um dia iria precisar das mãozinhas dela! Enviei um e-mail com as minhas duas ideias e ela apresentou-me estas obras de arte! A do título era a pela qual mais ansiava… a mais complicada é verdade, mas aquela que sou eu em todo o meu ser! Eu, que assim que saio do escritório, troco os saltos altos pelos ténis! Obrigada Mafalda por tornares o meu desejo numa realidade!

 

Não me resta mais do que agradecer a todos, mas mesmo todos, que directa ou indirectamente viveram comigo todo este processo! Mas como sempre e, como não podia deixar de ser, o meu maior obrigado vai e irá sempre para o maridão, pela interminável paciência que tem comigo a toda a hora! Acreditem não é fácil…eu não sei se teria 😉

Espero que gostem do resultado final!

h_claudia-the-oof-diary_2logo

Love

C.

 

Deixe uma resposta